Covid-19 : informações e exames

Política de Privacidade

Política de Privacidade

Na Cia da Consulta, privacidade e segurança são prioridades e nos comprometemos com a transparência do tratamento de dados pessoais dos nossos usuários/clientes. Por isso, está presente Política de Privacidade estabelece como é feita a coleta, uso e transferência de informações de clientes ou outras pessoas que acessam e/ou usam nossos serviços.

Ao utilizar nossos serviços, você entende que coletaremos e usaremos suas informações pessoais nas formas descritas nesta Política, sob as normas de Proteção de Dados (LGPD, Lei Federal 13.709/2018), das disposições consumeristas da Lei Federal 8078/1990 e as demais normas do ordenamento jurídico brasileiro aplicáveis.

Dessa forma, a Cia da Consulta Clínica Médica, doravante denominada simplesmente como “Cia da Consulta”, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 24.593.342/0001-20, no papel de Controladora de Dados, obriga-se ao disposto na presente Política de Privacidade.

1. Quais dados coletamos sobre você e para qual finalidade?

No momento do atendimento dos serviços ofertados pela Cia da Consulta, será necessário utilizar alguns dados pessoais, com a finalidade de garantir segurança no cuidado à saúde do titular e preservar a qualidade do atendimento, além de cumprir as regulamentações vigentes. Os dados poderão ser utilizados com a finalidade de promoção de novas oportunidades de produtos e serviços em saúde conforme a característica de cada paciente. As soluções poderão ser apresentadas aos titulares como forma de agregar valor no sentido de promoção de cuidado de saúde de forma holística e não só tratar doenças ativas. A Cia da Consulta preza por promover experiências singulares praticando uma medicina inteligente.

A finalidade de solicitar cada dado poderá ser consultada no termo de uso de cada serviço ou produto utilizado.

A atualização dos dados cadastrais será realizada a cada oportunidade de atendimento, desta forma, a Cia da Consulta garante a qualidade dos dados do titular conforme artigo 5 da lei 13.709 de 14 de agosto de 2018.

2. Como coletamos os seus dados?

Nesse sentido, a coleta dos seus dados pessoais ocorre da seguinte forma:

  • No momento do agendamento via site Cia da Consulta
  • No momento do agendamento via Call center (dados de identificação)
  • No momento do atendimento com equipe multiprofissional (dados clínicos)
  • No momento do pós atendimento (demais dados de identificação para dar continuidade às demandas solicitadas pela equipe de saúde)

2.1. Consentimento

É a partir do seu consentimento que tratamos os seus dados pessoais. O consentimento é a manifestação livre, informada e inequívoca pela qual você autoriza a Cia da Consulta a tratar seus dados.

Assim, em consonância com a Lei Geral de Proteção de Dados, seus dados só serão coletados, tratados e armazenados mediante prévio e expresso consentimento.

O seu consentimento será obtido de forma específica para cada finalidade acima descrita, evidenciando o compromisso de transparência e boa-fé da Cia da Consulta para com seus usuários/clientes, seguindo as regulações legislativas pertinentes.

2.2. Legítimo interesse

Com base no legítimo interesse em ofertar soluções de produtos e serviços que possam proporcionar um cuidado integral focado em prevenção e monitoramento de saúde, a Cia da Consulta poderá apresentar aos pacientes os quais constam na base de dados oportunidades de cuidado com o objetivo de exercer medicina de uma forma inteligente e de qualidade, com a finalidade de agregar ao paciente segurança e monitoramento constante de saúde, sempre se importando em trazer o paciente no centro do cuidado como protagonista de sua saúde.

Desta forma, ao utilizar os serviços da Cia da Consulta e fornecer seus dados pessoais, você está ciente e consentindo com as disposições desta Política de Privacidade, além de conhecer seus direitos e como exercê-los.

A qualquer tempo e sem nenhum custo, você poderá revogar seu consentimento e/ou recusar o recebimento de novas soluções em saúde.

É importante destacar que a revogação do consentimento para o tratamento dos dados pode implicar a impossibilidade da performance adequada de continuidade do cuidado de sua saúde e continuidade de seus tratamentos. Tais consequências serão informadas previamente.

3. Quais são os seus direitos?

A Cia da Consulta assegura a seus usuários/clientes seus direitos de titular previstos no artigo 18 da Lei Geral de Proteção de Dados. Dessa forma, você pode, de maneira gratuita e a qualquer tempo:

  • Confirmar a existência de tratamento de dados, através de solicitação via contato telefônico 11 4000-1001. Através dessa solicitação o encarregado de dados emitirá um documento formalizando como ocorre o tratamento dos dados.
  • Acessar seus dados, o titular dos dados poderá solicitar acesso aos aos seus dados através do telefone de contato 11 4000-1001. Através desta solicitação, os dados tratados serão entregues de forma impressa, para que este processo seja iniciado a Cia da Consulta poderá solicitar alguns documentos para assegurar que trata-se do próprio titular dos dados ou responsável legal.
  • Corrigir seus dados, o titular dos dados poderá solicitar a correção e atualização dos seus dados a qualquer momento, através do canal de comunicação 11 4000-1001, para isso a Cia da Consulta poderá solicitar alguns documentos para certificar da identificação segura.
  • Solicitar a portabilidade de seus dados, a portabilidade de seus dados poderá ser solicitada através do processo de solicitação de prontuário. Ao solicitar cópia do prontuário a Cia da Consulta disponibilizará uma cópia impressa para que o titular possa encaminhar ao local onde gostaria de dar continuidade em seu cuidado em saúde. Ressaltando que conforme previsto na legislação a guarda de documentos de saúde segue a orientação da Resolução do CFM n.º 1.821/07 e ficará arquivada por 20 anos.
  • Eliminar seus dados ou revogar seu consentimento O titular poderá revogar seu consentimento em relação ao tratamento dos dados em qualquer momento através do canal de comunicação 11 4000-1001, exceto nos casos previstos em lei como por exemplo guarda de prontuário médico e informações clínicas previsto na legislação a guarda de documentos de saúde segue a orientação da Resolução do CFM n.º 1.821/07 e ficará arquivada por 20 anos, por este motivo a Cia da Consulta não realizará o cancelamento ou destruição dos dados, mantendo a guarda conforme previsto em lei através da pseudo anonimização dos dados.
  • Informar-se sobre a possibilidade de não fornecer seu consentimento A Cia da Consulta informa que o não fornecimento de consentimento do titular pode impactar e impossibilitar a execução de alguns serviços oferecidos como por exemplo agendamento de consultas, envio de laudos e resultados de exames, entre outros processos.

4. Como você pode exercer seus direitos de titular?

Para exercer seus direitos de titular, você deve entrar em contato com a Cia da Consulta através dos seguintes meios disponíveis:

De forma a garantir a sua correta identificação como titular dos dados pessoais objeto da solicitação, é possível que solicitemos documentos ou demais comprovações que possam comprovar sua identidade. Nessa hipótese, você será informado previamente.

5. Como e por quanto tempo seus dados serão armazenados?

Seus dados pessoais coletados pela Cia da Consulta serão utilizados e armazenados durante 20 anos conforme determinação descrita na Resolução do CFM n.º 1.821/07 para a prestação do serviço ou para que as finalidades elencadas na presente Política de Privacidade sejam atingidas, considerando os direitos dos titulares dos dados e dos controladores.

Findado o período de armazenamento dos dados pessoais, estes serão mantidos na base de dados por tempo indeterminado, caso o titular solicite a retirada dos dados o mesmo poderá ser realizado através de pedido de cancelamento de dados, ressalvo as hipóteses legalmente previstas no artigo 16 lei geral de proteção de dados, a saber:

I – cumprimento de obrigação legal ou regulatória pelo controlador;

II – estudo por órgão de pesquisa, garantida, sempre que possível, a anonimização dos dados pessoais;

III – transferência a terceiro, desde que respeitados os requisitos de tratamento de dados dispostos nesta Lei; ou

IV – uso exclusivo do controlador, vedado seu acesso por terceiro, e desde que anonimizados os dados.

Isto é, informações pessoais sobre você que sejam imprescindíveis para o cumprimento de determinações legais, judiciais e administrativas e/ou para o exercício do direito de defesa em processos judiciais e administrativos serão mantidas, a despeito da exclusão dos demais dados.

O armazenamento de dados coletados pela Cia da Consulta reflete o nosso compromisso com a segurança e privacidade dos seus dados. Empregamos medidas e soluções técnicas de proteção aptas a garantir a confidencialidade, integridade e inviolabilidade dos seus dados. Além disso, também contamos com medidas de segurança apropriadas aos riscos e com controle de acesso às informações armazenadas.

6. O que fazemos para manter seus dados seguros?

Para mantermos suas informações pessoais seguras, usamos ferramentas físicas, eletrônicas e gerenciais orientadas para a proteção da sua privacidade.

Aplicamos essas ferramentas levando em consideração a natureza dos dados pessoais coletados, o contexto e a finalidade do tratamento e os riscos que eventuais violações geram para os direitos e liberdade do titular dos dados coletados e tratados.

Entre as medidas que adotamos, destacamos as seguintes:

  • Apenas pessoas autorizadas têm acesso a seus dados pessoais
  • O acesso a seus dados pessoais é feito somente após o compromisso de confidencialidade firmado em contrato de prestação de serviço.
  • Seus dados pessoais são armazenados em ambiente seguro e idôneo.

A Cia da Consulta se compromete a adotar as melhores posturas para evitar incidentes de segurança. Contudo, é necessário destacar que nenhuma página virtual é inteiramente segura e livre de riscos. É possível que, apesar de todos os nossos protocolos de segurança, problemas de culpa exclusivamente de terceiros ocorram, como ataques cibernéticos de hackers, ou também em decorrência da negligência ou imprudência do próprio usuário/cliente.

Em caso de incidentes de segurança que possam gerar risco ou dano relevante para você ou qualquer um de nossos usuários/clientes, comunicaremos aos afetados e a Autoridade Nacional de Proteção de Dados sobre o ocorrido, em consonância com as disposições da Lei Geral de Proteção de Dados.

7. Com quem seus dados podem ser compartilhados?

Websites e terceiros: Tendo em vista a preservação de sua privacidade, a Cia da Consulta não compartilhará seus dados pessoais com nenhum terceiro não autorizado. Seus dados poderão ser compartilhados com nossos parceiros comerciais, estes recebem seus dados apenas na medida do necessário para a prestação dos serviços contratados e nossos contratos são orientados pelas normas de proteção de dados do ordenamento jurídico brasileiro.

Todavia, nossos parceiros têm suas próprias Políticas de Privacidade, que podem divergir desta. Recomendamos a leitura desses documentos.

Como um recurso para os nossos Usuários, ao navegar em nossas Plataformas, podemos fornecer links para outros sites na Internet. A Cia da Consulta não se responsabiliza por esses websites e conteúdos e, ainda, não compartilha, subscreve, monitora, válida ou aceita a forma como esses websites ou ferramentais de armazenamento de conteúdo tratam suas informações pessoais e privadas.

Recomendamos que você consulte as respectivas políticas de privacidade de tais websites para se informar adequadamente a respeito do uso de suas informações pessoais por outros websites ou outras ferramentas.

Além disso, também existem outras hipóteses em que seus dados poderão ser compartilhados, que são:

I – Determinação legal, requerimento, requisição ou ordem judicial, com autoridades judiciais, administrativas ou governamentais competentes.

II – Caso de movimentações societárias, como fusão, aquisição e incorporação, de forma automática.

III – Proteção dos direitos da Cia da Consulta em qualquer tipo de conflito, inclusive os de teor judicial.

7.1. Transferência internacional de dados

A Cia da Consulta não realiza transferências internacionais de dados de nenhuma natureza.

8. Cookies ou dados de navegação

Os Cookies são arquivos de texto enviados pela plataforma ao seu computador e que nele se armazenam, informações relacionadas à navegação do site. Em suma, os Cookies são utilizados para aprimorar a experiência de uso.

Ao acessar nosso site e consentir com o uso de Cookies, você manifesta conhecer e aceitar a utilização de um sistema de coleta de dados de navegação com o uso de Cookies em seu dispositivo.

A Cia da Consulta utiliza os seguintes Cookies e API: API e Cookies de sessão do Facebook Ads, Cookie de sessão do Google Ads, Cookie de sessão da Blue, Cookie de sessão do Microsoft Bing, Cookie de sessão do Optimize, Cookie de sessão do RD Station, Cookie de sessão da ORACLE e Cookie persistente da Cia. da Consulta.

Você pode, a qualquer tempo e sem nenhum custo, alterar as permissões, bloquear ou recusar os Cookies. Todavia, a revogação do consentimento de determinados Cookies pode inviabilizar o funcionamento correto de alguns recursos da plataforma. Para gerenciar os cookies do seu navegador, basta fazê-lo diretamente nas configurações do navegador, na área de gestão de Cookies. Você pode acessar tutoriais sobre o tema diretamente nos links abaixo:

9. Alteração desta Política de Privacidade

A atual versão da Política de Privacidade foi formulada e atualizada pela última vez em: 17/03/2022.

Reservamos o direito de modificar essa Política de Privacidade a qualquer tempo, principalmente em função da adequação a eventuais alterações feitas em nosso site ou em âmbito legislativo. Recomendamos que você a revise com frequência.

Eventuais alterações entrarão em vigor a partir de sua publicação em nosso site e sempre lhe notificaremos acerca das mudanças ocorridas.

Ao utilizar nossos serviços e fornecer seus dados pessoais após tais modificações, você às consente.

10. Responsabilidade

A Cia da Consulta prevê a responsabilidade dos agentes que atuam nos processos de tratamento de dados, em conformidade com os artigos 42 ao 45 da Lei Geral de Proteção de Dados.

Nos comprometemos em manter esta Política de Privacidade atualizada, observando suas disposições e zelando por seu cumprimento.

Além disso, também assumimos o compromisso de buscar condições técnicas e organizadas e seguras aptas a proteger todo o processo de tratamento de dados.

Caso a Autoridade Nacional de Proteção de Dados exija a adoção de providências em relação ao tratamento de dados realizado pela Cia da Consulta, comprometemo-nos a segui-las.

10.1 Isenção de responsabilidade

Conforme mencionado no Tópico 6, embora adotemos elevados padrões de segurança a fim de evitar incidentes, não há nenhuma página virtual inteiramente livre de riscos. Nesse sentido, a Cia da Consulta não se responsabiliza por:

I – Quaisquer consequências decorrentes da negligência, imprudência ou imperícia dos usuários em relação a seus dados individuais. Garantimos e nos responsabilizamos apenas pela segurança dos processos de tratamento de dados e do cumprimento das finalidades descritas no presente instrumento.

Destacamos que a responsabilidade em relação à confidencialidade dos dados de acesso é do usuário.

II – Ações maliciosas de terceiros, como ataques de hackers, exceto se comprovada conduta culposa ou deliberada da Cia da Consulta.

Destacamos que em caso de incidentes de segurança que possam gerar risco ou dano relevante para você ou qualquer um de nossos usuários/clientes, comunicaremos aos afetados e à Autoridade Nacional de Proteção de Dados sobre o ocorrido e cumpriremos as providências necessárias.

III – Inveracidade das informações inseridas pelo usuário/cliente nos registros necessários para a utilização dos serviços da Cia da Consulta; quaisquer consequências decorrentes de informações falsas ou inseridas de má-fé são de inteiramente responsabilidade do usuário/cliente.

11. Encarregado de Proteção de Dados

A Cia da Consulta disponibiliza os seguintes meios para que você possa entrar em contato conosco para exercer seus direitos de titular: contato telefônico através do número 4000-1001.

Caso tenha dúvidas sobre esta Política de Privacidade ou sobre os dados pessoais que tratamos, você pode entrar em contato com o nosso Encarregado de Proteção de Dados Pessoais: Priscila Lima



Homologado em: 12/09/2021
- Elaboração do documento: Versão 00
- Responsável pela edição documental: Priscila Lima


Homologado em: 17/03/2022
- 1ª Revisão do documento: Versão 01
- Responsável pela edição documental: Priscila Lima


Homologado em: 17/03/2023
- Próxima revisão: Versão 02
- Responsável pela edição documental: -


Atendimento WhatsApp Cia. da Consulta

Aguardando conexão

Telefonia não disponível no momento