5 coisas que você precisa saber sobre a Enxaqueca

24 ● agosto ● 2017
Saúde de A a Z

Quem já passou por isso, com certeza sabe os transtornos que ela causa

1. A enxaqueca é um tipo específico de dor de cabeça

Não é qualquer dor de cabeça que chamamos de enxaqueca. É uma dor normalmente latejante, lateralizada e de forte intensidade. Ela pode durar de 4 a 72 horas se a pessoa não for medicada.

2. É mais comum entre as mulheres

Cerca de 20% da população tem enxaqueca. As mulheres possuem três vezes mais chances de contrair a doença. São cerca de 35 milhões de brasileiros sofrendo. A predisposição do sexo feminino deve-se pela oscilação do estrógeno (hormônio feminino), que ocorre no período fértil.

3. A causa da enxaqueca é genética, mas as crises podem ser precipitadas por fatores ambientais

Não é qualquer um que tem enxaqueca, precisa ter predisposição genética para tal. Os principais fatores do ambiente envolvidos no início de uma crise são: o stress, distúrbios de sono e alimentação.

4. Ela não aparece em exames

A enxaqueca é uma disfunção do cérebro e de seus vasos sanguíneos, não uma alteração estrutural fixa. Por isso, fique atento aos sintomas!

5. Essa doença não tem cura, mas pode ser controlada

É complicado falar em cura, mas podemos falar em controlar o sintoma. Como é uma herança genética, os sintomas podem voltar sempre que o tratamento for interrompido. Os tratamentos se resumem na redução da intensidade e da frequência da dor, de modo a restabelecer ao máximo a qualidade de vida.