Carregando
Carregando conteúdo
[contact-form-7 404 "Not Found"]

Cuidados com a Pele. Guia completo para a Pele Feminina.

Data

2 ● agosto ● 2018
Saúde da Mulher

Cuidados com a Pele. Guia completo para a Pele Feminina.
Avalie este post!

Dicas, tratamentos e procedimentos para manter a sua pele mais firme e bonita.

Você sabia que a pele é o maior órgão do corpo humano? Por isso, os cuidados com a pele feminina são diferentes para as diversas áreas do corpo, pois cada uma costuma passar por uma agressão diferente relacionadas a idade, poluição, fatores do meio ambiente e problemas de saúde e por isso precisam de cuidados diferenciados.

Existem vários tipos de pele, porém não há um específico para todas as pessoas. É importante você conhecer o seu tipo de pele para usar produtos de tratamento que possam manter os cuidados essenciais específicos para o seu tipo.

O tipo de pele geralmente é determinado pela quantidade de óleo produzida pelo organismo. Mas independente do seu tipo de pele, é preciso uma rotina de cuidados, variando os tipos de produtos para cada tipo e com a variedade de produtos do mercado, fica até difícil escolher um adequado.

Por isso nesse texto vamos ajudar você a conhecer o seu tipo de pele, os produtos ideias e a rotina que você precisa fazer para manter os cuidados com a pele em dia e ter uma mantê-la bonita, hidratada e bem cuidada com dicas especiais dos dermatologistas da Cia da Consulta.

Aqui você encontra outras dicas que também podem beneficiar a sua pele.

Boa leitura!

 

Qual a importância de cuidar bem da sua pele?

A pele é o maior órgão do seu corpo e cada região requer um cuidado específico, por serem diferentes. Os cuidados com a pele do rosto são diferentes dos cuidados com a pele do corpo, por exemplo. É importante conhecer o seu tipo de pele e definir os cuidados necessários.

O processo de envelhecimento e os fatores externos diários como poluição, clima, stress, afetam a pele todos os dias e podem ser os causadores de doenças e dos danos diários que a pele sofre, por isso uma rotina de cuidados é necessária para manter a pele firme e bonita.

O primeiro passo para a sua rotina de cuidados com a pele é identificar o tipo de pele que você tem. E existem basicamente 3 tipos, pele seca, oleosa e mista e cada tipo requer um cuidado específico. Os dermatologistas recomendam um passo a passo básico diário de cuidados: limpar, hidratar, reparar e prevenir.

Os cuidados iniciam desde o momento que você acorda, com a limpeza, aplicação do protetor solar que é super importante para prevenir o envelhecimento e doenças como o câncer de pele e vão até a noite com a limpeza e hidratação para abrandar os desgastes sofridos durante o dia.

 

Visitando o dermatologista

Visitar um dermatologista é um passo importante para o cuidado com a sua pele. Ele vai avaliar a sua pele e indicar qual o seu tipo, assim como o tratamento e produtos indicados para os cuidados diários e prevenção de envelhecimento.

Além disso o dermatologista também atua nos cuidados e prevenção das doenças de pele, uma das mais recorrentes e que se não cuidada pode causar danos permanentes na pele e até outros problemas que interferem na saúde e autoestima como por exemplo, acne, rosácea, melanoma, entre outros.

É necessário que você visite um dermatologista pelo menos uma vez ao ano caso não tenha problemas de pele que exijam tratamentos recorrentes. Já se você não tiver algum problema de pele, sempre que necessário é importante a visita em um dermatologista para a prevenção.

A qualquer sinal, marca, coloração ou dor diferente que você perceba na sua pele, é importante visitar um dermatologista para fazer um diagnóstico e prevenir doenças como o câncer de pele que todos os anos aumentam os casos no Brasil.

Só o dermatologista poderá solicitar exames para identificar qualquer problema na sua pele e indicar os melhores remédios e tratamentos específicos caso haja algum problema de saúde.

Você sabia que pode cuidar da sua pele de maneira prática e acessível? Na Cia da consulta você agenda uma consulta com um dermatologista e pode fazer consultas de tratamentos estéticos de maneira mais rápida e por um preço que cabe no seu orçamento. Clique aqui e agende a sua consulta agora.

 

Principais problemas com a pele: estética x saúde

Os problemas de pele podem impactar na qualidade de vida e no estado físico e psicológico de uma pessoa. E apesar de causarem desconforto e assustar, podem ser controlados com o tratamento ideal.

O importante é identificar e tratar as doenças de pele ou algumas situações que podem atingir diversas regiões da sua pele como corpo inteiro, mãos e unhas, pés e unhas, couro cabeludo, lábios entre outros.

Alguns dos problemas de pele mais comuns são:

 

Acne

Se forma quando os poros (pequenos orifícios da pele) se ligam às glândulas através dos folículos. Essas glândulas passam então a fabricar o sebo e quando um folículo de uma glândula na pele entope, uma espinha cresce.

A acne pode ter vários graus e é recomendado que não se esprema as espinhas para não causar mais inflamação e marcas na pele que podem ser irreversíveis. A acne pode surgir também em decorrência de outros problemas de saúde, como os hormonais que a mulher possa ter. Por isso é importante que seja tratada.

Câncer de pele

O câncer de pele é o tipo mais comum de câncer e um dos que mais crescem. Ele é um dos tipos mais difíceis de se detectar e diagnosticar, muitas vezes se desenvolve como uma simples mudança na pele e as pessoas demoram a perceber e buscar ajuda. Ele pode ser notado quando você tiver uma ferida que não cicatriza.

O câncer de pele pode ter um diagnóstico demorado devido as pessoas não procurarem um médico.

 

Há 3 tipos principais de câncer de pele:

  • Carcinoma basocelular
  • Câncer de células escamosas
  • Melanoma

A doença costuma se desenvolver em áreas mais expostas à luz solar direta, incluindo face, pescoço, peito, braços, mãos.

 

Manchas na pele

As manchas geralmente são devido ao avanço da idade, excesso de sol, uso de produtos químicos, cicatrizes de acnes, doenças ou queimaduras, dependendo do grau que atinge a pele pode ter um tratamento mais fácil se for menor e se for de grau maior pode ser de difícil tratamento.

 

Micose

Uma doença causada por fungos que pode afetar a pele, as unhas ou o couro cabeludo causando coceiras e manchas. Pode ser combatida com a higiene da região e com remédios de aplicação local recomendados por dermatologistas.

 

Dermatite atópica

Uma inflamação da pele que pode surgir em qualquer idade provocando inchaço, vermelhidão, coceira e descamação. A dermatite atópica não tem cura, mas pode ser controlada por meio do uso de pomadas e cremes corticóides que estimulam a cicatrização do local.

 

Psoríase

A psoríase provoca o aparecimento de feridas, coceira, descamação e alguns casos mais graves podem surgir placas avermelhadas na pele. A Psoríase não tem uma causa específica e também não tem cura, apenas o controle do tratamento.

Rosácea

A maior característica dessa doença é a vermelhidão na face, mas também pode provocar pequenas linhas vermelhas sob a pele, olhos inflamados, pálpebras e nariz inchados e a pele mais grossa.

Algumas coisas podem piorar a rosácea, entre elas estão o álcool, exercício físico em excesso, exposição a temperaturas muito altas ou muito baixas, alimentos picantes, estresse e exposição a luz solar.

Sarna

Também chamada de escabiose, inicia com o aparecimento de manchas vermelhas e coceira na pele que costumam aumentar no período da noite. A sarna também deve ser tratada com pomadas e remédios recomendados por um dermatologista.

 

Queimadura

A queimadura pode trazer danos irreversíveis para a pele dependendo do grau.

 

As queimaduras podem ser de diversos graus e precisa inicialmente ser tratada com o uso de pomadas que podem ajudar na cicatrização da pele e evitar cicatrizes em casos quando ocorrem queimaduras de 1° grau, causadas por sol, por água quente ou objetos quentes, desde que não cause a formação de bolhas.

 

Vitiligo

É uma condição em que algumas áreas da pele perdem a melanina, que é a  pigmentação normal da pele e tornam-se brancas. A causa do vitiligo ainda não é totalmente conhecida, mas chega a ser associada a doença em que o organismo produz anticorpos contra os melanócitos, células produtoras de melanina.

 

É importante lembrar que qualquer problema de pele deve ser tratados por um dermatologista, pois os produtos podem provocar efeitos colaterais, alergias ou causar manchas quando são usados de forma errada e piorar os quadros da doença.

 

Tipos de pele

O primeiro passo para os cuidados com a pele é identificar o tipo de pele que você tem. Existem basicamente três tipos de pele e cada uma precisa de um tipo de cuidado.

Identificar os tipos de pele é ideal para usar os produtos necessários.

 

  • Pele seca: pele que necessita de mais hidratação;
  • Pele oleosa: necessita de maiores cuidados para prevenir acne e envelhecimento;
  • Mista: Oleosa em alguns pontos e seca e mista em outros, precisa de controle;

 

Cuidados com a Pele Seca

A pele seca no geral tem pouca oleosidade natural, por isso tem um aspecto mais opaco e áspero. E quando chega o tempo frio e a baixa umidade do ar, faz com que a pele rache e isso fica mais evidente. Nesse tipo de pele as olheiras também podem se tornar mais visíveis.

Óleos podem ser excelentes no cuidado da pele seca.

 

A pessoa que tem pele seca pode lavar o rosto de uma a duas vezes ao dia, deve usar sabonetes leves, não esfregar muito ao lavar, não usar água quente e sempre hidratar o rosto após a lavagem. O ideal é hidratar a pele ainda úmida, duas vezes ao dia.

 

Cuidados com a Pele Oleosa

A pele oleosa possui uma quantidade de secreção sebácea maior do que o normal, por isso apresenta uma característica mais espessa, brilhante e úmida. Um dos principais motivos para que a pele seja oleosa é a herança genética, mas outros fatores podem contribuir com a atividade das glândulas sebácea, como:

  • Alterações hormonais;
  • Excesso de sol;
  • Variações climáticas;
  • Estresse;
  • Alimentação inadequada;

 

Os cuidados com a pele oleosa são diferentes, ela deve ser limpa pelo menos 2 vezes ao dia para evitar o acúmulo de sebo. Lave com água fria ou morna com sabonetes específicos para pele oleosa. Como o excesso de óleo atrai muita sujeira e poeira, os poros normalmente ficam com pontinhos pretos escuros.

A esfoliação também é bastante recomendada para o cuidado com as peles oleosas. Esse procedimento ajuda a retirar as células mortas, sujeira acumulada e resíduos de sebo na pele, fazendo com que ela fique mais limpa e preparada para receber outros produtos.

 

Cuidados com a pele mista

A pele mista possui uma oleosidade excessiva na conhecida zona T (testa, nariz e queixo). Nesta região, os poros apresentam uma dilatação maior. No restante do rosto a pele tem características de desidratação, tornando algumas partes do rosto mais secas.

A pele mista apresenta desequilíbrio na hidratação e produção de glândulas sebáceas, por isso tem uma espessura mais fina, cor rosada e apresenta rugas finas e precoces com tendência a descamação. Por isso algumas peles costumam precisar de mais hidratação.

A pele mista necessita de bastante hidratação.

 

Por ser o tipo mais comum de pele, as indústrias de cosméticos já desenvolveram produtos específicos para esse tipo de pele, ou seja, produtos de dupla ação: hidratam onde a pele é seca ou normal e controlam o brilho onde ela é mais oleosa.

 

Rotina para cuidados com a pele

A pele deve ter uma rotina diária e mesmo que sejam de diversos tipos. Seguindo essa rotina, você vai manter vai manter a sua pele muito mais bonita e saudável.

1. Limpar

A limpeza é o primeiro e fundamental passo para a rotina de cuidados, a limpeza vai tirar todas as impurezas da pele e prepará-la para receber outros produtos com os poros já limpos.

O ideal é que você use um sabonete ideal para o seu tipo de pele para não ressecar a pele ou deixá-la mais oleosa.

2. Hidratar

A hidratação é um dos passos principais dos cuidados com a pele. Para a pele seca, a hidratação é fundamental. Uma dica é hidratar a pele ainda úmida. Isso ajuda na ativação do bloqueio natural de pele e na umidade adicional.

3. Reparar

Após a limpeza e a hidratação, sua rotina de cuidados deve se adaptar às condições específicas que afetam a pele. Para rugas e flacidez, ou para conseguir um efeito “rejuvenescedor imediato”, procure por produtos que contenham antioxidantes ou DMAE.

Os antioxidantes reparam as células e reduzem o aparecimento de rugas, enquanto o DMAE aumenta a produção de acetilcolina, tornando a pele mais firme e mais apertada. Além disso, esses produtos estimulam a circulação e a formação de colágeno na região da face, deixando a pele mais bonita.

Para a pele vermelha ou irritada, use produtos que contém vitamina C. Além de ser antioxidante, a vitamina C é suave e não irrita a pele. Ela pode reduzir a vermelhidão e irritação, mesmo se forem causadas por queimaduras solares ou psoríase.

Para reduzir a aparência dos poros abertos, procure produtos que reduzam a quantidade de sebos e bactérias no rosto e preenchem o excesso de espaço deixado por poros dilatados.

4. Prevenir

A rotina de bons cuidados da pele não depende apenas da boa aparência para um dia. É preciso também preparar a pele e deixá-la bonita e saudável para toda a vida. Não adianta apenas lavar o rosto pela manhã ou à noite, pois apenas isso não é necessário para manter a pele saudável. Deve-se fazer vários cuidados.

O protetor solar é  muito importante para ser usado na rotina de prevenção aos danos da pele, pois ele irá proteger você das queimaduras causadas pelos raios UVA e UVB.

Para simplificar a sua rotina diária, procure hidratantes que contenham no mínimo FPS 15. Sem proteção adequada, os danos causados à pele desprotegida e exposta ao sol aparecem em forma de rugas, manchas solares e pigmentação irregular.

Outra forma fácil de melhorar a saúde da pele é usar produtos que contêm antioxidantes. Os antioxidantes protegem as células ao neutralizar os radicais livres, que são células instáveis formadas a partir de células saudáveis. Ao utilizar um produto adequado, os radicais livres são combatidos.

 

Cuidados com a pele do rosto

A pele do rosto necessita de cuidados específicos para cada tipo.

 

O rosto é o nosso cartão de visitas e a pele do rosto está sujeita a vários problemas como espinhas, rugas, manchas, marcas e para afastar esse e outros problemas, é preciso cuidar dessa pele tão delicada direitinho e diariamente.

Se você se descuida ou só usa aquele creminho uma vez ou outra, é melhor começar a cuidar melhor da sua pele. Veja aqui algumas etapas importantes para manter um cuidado diário.

Os passos para cuidar da pele do rosto são muito simples, inicialmente é necessário conhecer o seu tipo de pele para usar os produtos adequados. Pois caso você use um produto que não é para a sua pele, pode ocorrer o efeito contrário.

  1. LimparO primeiro passo nos cuidados com o rosto é fazer uma limpeza de pele de manhã e à noite. Essa limpeza ajuda a remover as células mortas e as impurezas e poluição que são acumuladas ao longo do dia como suor, oleosidade, resquícios de maquiagem, entre outros.A pele limpa vai absorver melhor os ingredientes ativos presentes nos produtos aplicados posteriormente, fazendo com que tenham seu efeito mais eficaz.2.    Tonificar

    Para esse passo, utiliza-se um tônico que permite a remoção completa dos resíduos deixados na pele por conta da poluição e até mesmo outros produtos de limpeza. Os tônicos ajudam a refrescar a pele e restaurar seu PH, fazendo com que os poros fiquem menos visíveis. Eles não devem ser usados perto dos olhos.

    3.    Cuidar

    Depois da pele limpa e tonificada, o ideal é que seja cuidada e hidratada. Assim como os outros passos, isso deve ser repetido de manhã e à noite. Nessa etapa é possível utilizar cremes para rugas ou renovação da pele.

    4.    Hidratar

    O ritual de cuidado inclui ainda creme hidratante que é indispensável, ele deve ser adaptado a cada tipo de pele e idade. Existem cremes de dia e de noite, uma vez que as necessidades da pele variam ao longo das horas.

    5.    Proteger

    A exposição solar é a principal causa do envelhecimento da pele, por isso a proteção adequada é imprescindível. O protetor solar deve ser usado em todo tipo de pele e quanto maior os índices ultravioletas, maior deve ser o fator de proteção usado. O protetor solar deve ser usado diariamente, mesmo em dias sem sol.

    Se você passa o dia todo no escritório, na frente do computador é importante usar o filtro solar também, pois as telas emitem radiação ultravioleta que provocam envelhecimento precoce da pele.

Como se proteger do sol?

O sol é um dos fatores mais agressivos a pele e pode causar envelhecimento precoce, rugas, queimaduras e até câncer de pele dependendo do tempo e exposição ao sol.

Com as orientações abaixo, você pode aproveitar melhor o sol cuidando da saúde da sua pele.

1.    Evite exposições prolongadas ao sol

Toda vez que você expõe sua pele ao sol, ela queima um pouco e isso com o passar dos anos causa o envelhecimento da pele. Pegar muito sol pode render queimaduras solares, que acumuladas durante a vida podem predispor a pele a rugas, envelhecimento e ao câncer de pele.

O sol recomendado é o sol da manhã até 9h e o sol da tarde após às 16h. Utilize sempre proteção solar caprichada, use chapéus ou bonés, roupas com proteção UV e filtros solares com alto fator de proteção solar (FPS).

2.    Aplique generosamente o filtro solar cerca de 20 a 30 min antes de sair no sol

Esse é o período necessário para que o filtro solar se estabilize e comece a fazer a proteção da pele de maneira eficaz. O ideal é passar o filtro solar no corpo todo, sem roupa para poder espalhar bem sob a pele. No rosto o fator de proteção deve ser maior que a do restante da pele.

O ideal é passar o filtro solar sem roupa para poder espalhar bem a pele sem se preocupar com a roupa de banho.Lembre-se de reaplicar o filtro a cada 2 horas ou após mergulhar para uma proteção solar adequada.

3. Peles claras e pessoas ruivas exigem melhor proteção solar

Pessoas ruivas e as que tem a pele muito clara devem ter um cuidado redobrado com a proteção, pois elas são as mais propensas ao câncer da pele. Quem tem este tipo de pele tem maior chance de enfrentar problemas se não se proteger.

Pessoas de pele muito clara raramente se bronzeiam pela facilidade de queimar e danificar sua pele. Lembre-se de que as consequências e danos a pele vão surgir mais tarde.

4.    Mormaço também queima

Mesmo quando os dias estão nublados, até 80% da radiação ultravioleta pode atravessar as nuvens e chegar à Terra. Portanto, é imprescindível usar proteção solar nesses dias com o mesmo FPS como se estivesse um dia de sol.

 

Principais tratamentos de pele

 

Peeling

O Peeling ajuda a melhorar a textura da pele, promovendo o clareamento e tratando as manchas. Pode ser superficial, agindo nas camadas mais externas (Peeling de Cristal ou Diamante) ou profundo ( com ácidos químicos) que agem na derme.

Laser e luz pulsada

Essa técnica serve para melhorar manchas e cicatrizes, remoção de tatuagem e depilação no rosto e corpo. É utilizada em diferentes frequências para cada tratamento. O laser costuma ter um efeito mais profundo e duradouro, enquanto a luz pulsada é mais leve e precisa de mais sessões para dar resultado.

Laser fracionado

Também conhecido como laser de CO2, é um raio de calor que provoca um tipo de queimadura na pele e durante o processo de cicatrização, estimulando a produção de colágeno fazendo com que a pele estica mais e reduzindo rugas. O laser lesiona pequenas áreas, provocando a renovação da pele.

Este procedimento tem uma recuperação  mais lenta, pois é comum ter efeitos como vermelhidão e inchaço, e a proteção solar é indispensável. Recomenda-se que o intervalo entre as sessões seja de pelo menos três meses.

Microagulhamento

A técnica é um rolinho cheio de microagulhas (cerca de 180 a 560 agulhas por rolinho) que faz perfurações parecidas com a do laser, induzindo a produção de colágeno e melhorando rugas leves, cicatrizes e poros.

Por não ser uma técnica tão agressiva, pode ser feito mensalmente. Em compensação, para obter um bom resultado são necessárias mais sessões do que o laser fracionado.

Ulthera (ultrassom microfocado)

Esse procedimento é uma novidade  nas clínicas brasileiras, o Ulthera é bastante eficaz para flacidez e pode ser usado para firmar a pele de qualquer parte do corpo, mas normalmente é destinado a rosto, pescoço e colo.

Ele funciona com uma máquina direcionando ondas de ultrassom às camadas profundas da pele, estimulando a produção de colágeno e elastina.

 

Radiofrequência na face

Procedimento de baixo desconforto, onde as ondas de rádio fazem a remodelação da fibra colágena. Assim, a pele fica com mais tônus e com aspecto mais jovem e saudável.

Por se tratar de um raio de radiofrequência, esse procedimento atua de forma profunda na derme. São necessárias de quatro a seis sessões para aparecer o resultado, com intervalos de 15 a 20 dias entre uma e outra.

 

Ácido hialurônico

A aplicação de ácido Hialurônico ajuda nos cuidados com a pele

Este procedimento é para quem quer efeitos imediatos. Uma injeção de ácido hialurônico é aplicada diretamente no rosto, provocando uma hidratação profunda, aumentando a espessura da pele para  amenizar pequenas linhas e rugas.

É um tipo de preenchimento que proporciona à pele um efeito instantâneo hidratação. O ácido é injetado com agulhas finas, que tem a espessura de um fio de cabelo. O
procedimento requer a aplicação de um anestésico tópico já que é bastante dolorido.

Limpeza de pele

A limpeza de pele apenas retira a sujeira de dentro dos poros e remove resíduos de secreções sebáceas, poluição ou maquiagem acumulados na pele que com o tempo e podem causar danos, como acne.

Preenchimento ou volumização

Esse procedimento refaz os volumes perdidos através de um preenchimento devido à falta natural de gordura no rosto. Ele devolve o volume perdido em decorrência do desgaste natural dos tecidos.

Os locais em que a intervenção é mais comum são sulcos nasolabiais, olheiras, bochecha, boca e outras áreas com deficiência de volume. O preenchimento é feito, normalmente, com ácido hialurônico ou polilático –substâncias que já existem no organismo e, por isso, são facilmente toleradas pelo mesmo.

 

Conclusão

Os cuidados com a pele devem ser iniciados ainda na adolescência.

 

Os cuidados com a pele são fundamentais para manter a pele bonita e saudável longe de rugas, pés de galinha e envelhecimento.

Os cuidados devem ser diários e devem seguir um ritual iniciando pela manhã e terminando a noite e devem começar já na adolescência.

Existem várias doenças e problemas de pele permanentes que devem ser tratadas com o auxílio de um dermatologista e tratamentos modernos que garantem a recuperação de alguns danos provocados na pele.

Acompanhe o nosso blog e fique por dentro de mais dicas para cuidar da sua  pele e saúde. Outros artigos do blog também vão esclarecer as suas dúvidas e ajudar você a se prevenir de algumas doenças.

Com esse texto você ficou sabendo mais sobre os cuidados com a pele. Se ajudou você, compartilhe para que outras pessoas também possam conhecer e se cuidar. E lembre-se sempre de procurar um médico para cuidar de você de maneira segura.